Grupo ligado a Lula some dois navios sondas

O representante da Receita Federal Roberto Leonel revelou na coletiva de imprensa que o grupo Schahin conseguiu retirar (sumir, escafeder) do Brasil dois navios-sonda operados pela Petrobras e que estavam sob bloqueio judicial.

Procuradoria da Fazenda e Receita Federal determinaram o bloqueio de bens do grupo Schahin, inclusive os dois navios sonda avaliados em US$ 200 milhões cada. Leonel disse que um grupo de advogados representando as offshores da Schahin ingressaram com ação na Justiça de São Paulo, pedindo a reintegração de posse dos navios Sertão e Cerrado.


O amigo de Lula está entre os acusados de esquema de propinas na contratação da Schahin Engenharia. Na última segunda (15), o Ministério Público Federal denunciou 11 pessoas por envolvimento no esquema de corrupção da Petrobras. Entre os acusados estão o pecuarista e amigo do ex-presidente Lula, José Carlos Bumlai, e João Vaccari Neto, ex-tesoureiro do PT.




O grupo é suspeito de participar de um esquema de propinas na contratação da Schahin Engenharia, em 2009, como operadora do navio-sonda Vitoria 10.000. Como as investigações indicam um desvio de R$ 18 milhões pelo grupo para abastecer os cofres do partido dos trabalhadores.


Bumlai está preso em Curitiba desde 24 de novembro. O procurador da República Deltan Dallagnol, coordenador da força tarefa da Lava-Jato, afirmou que Bumlai não é o centro da investigação.


Informações: Diário do Brasil

SHARE ON:

Hello guys, I'm Tien Tran, a freelance web designer and Wordpress nerd. Sed ut perspiciatis unde omnis iste natus error sit voluptatem accusantium doloremque laudantium, totam rem aperiam, eaque ipsa quae.

    Blogger Comment