Congresso aprova CPMF, aumento de luz, gasolina e outros, "Podem se preparar para 2016", diz Economista

Congresso Nacional aprovou o Orçamento de 2016 já contando com a previsão de receita com o retorno da CPMF. O PSDB tentou sem sucesso aprovar em destaque a retirada da previsão de R$ 10 bilhões de arrecadação com a CPMF.

Apesar das críticas à volta da CPMF, num plenário esvaziado, não houve grandes discussões na hora da votação. A inclusão da CPMF da peça Orçamentária não significa que a CPMF será aprovada pelo Congresso, mas é mais um passo para a aprovação da Proposta de Emenda Constitucional (PEC) enviada pelo governo ao Congresso estabelecendo o retorno do imposto do cheque.


CPMF é a grande aposta da equipe econômica da presidente Dilma Rousseff para tentar diminuir o rombo das contas públicas nos próximos quatro anos – 2016 a 2019 – prazo de vigência prevista para o tributo. Nenhuma grande liderança dos maiores partidos oposicionistas – que nos últimos meses atacou o retorno do imposto, como o presidente do PSDB, senador Aécio Neves (MG) – questionou a inclusão da medida.




Os partidos que disserem sim, estarão votando a favor deste imposto, que é uma verdadeira ferrugem para a economia brasileira”, disse o deputado José Carlos Aleluia (DEM-BA).


Informações: Pensa Brasil

SHARE ON:

Hello guys, I'm Tien Tran, a freelance web designer and Wordpress nerd. Sed ut perspiciatis unde omnis iste natus error sit voluptatem accusantium doloremque laudantium, totam rem aperiam, eaque ipsa quae.

    Blogger Comment